Missão e Objetivos
EMail

 MISSÃO

O Instituto tem como missão abrigar diferentes campos e especialidades da antropologia, com o fim de desenvolver um sólido programa de pesquisas, ações educacionais e de intervenção, no âmbito de vários segmentos da população brasileira. Este largo programa de pesquisas se valerá de diferentes estratégias metodológicas, de vários campos da antropologia contemporânea e áreas afins, promovendo atividades que possam estabelecer e consolidar uma prática de pesquisa em rede, aglutinando pesquisadores, laboratórios, núcleos e pesquisadores de diferentes regiões e, a médio e longo prazo, se constituir em um verdadeiro pólo de pesquisas, formação e ações sobre e nas regiões pesquisadas.

 

OBJETIVOS

O Instituto é resultado de um esforço conjunto entre vários campos e especialidades da antropologia, para delinear e rediscutir uma outra imagem sociocultural e ambiental do Brasil.

Nosso principal objetivo é desenvolver um programa comparativo de pesquisas que permita sustentar, por um lado, a produção de conhecimento e atividades de formação avançada, favorecendo uma visão mais ampla e articulada da realidade brasileira e, por outro lado, um conjunto de ações de divulgação e extensão, de subsídios para ações de intervenção e de políticas públicas.

Em termos sintéticos, os objetivos do Instituto Nacional de Pesquisa Brasil Plural são de três tipos, de acordo com as diretrizes do edital para os Institutos Nacionais de Pesquisa:

1) Desenvolver um programa articulado de pesquisas comparativas na região amazônica e no sul do Brasil, com foco no conhecimento de suas diferentes populações, favorecendo as trocas científicas tanto entre instituições e pesquisadores de diferentes regiões (UFSC, UDESC, UNIVALI, UFAM, FIOCRUZ/AM), quanto entre diversas temáticas e linhas de pesquisa

2) Fomentar a formação de recursos humanos, apoiando as atividades dos novos grupos de pesquisa e programas de pós-graduação tanto da região amazônica – como o programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Amazonas, as atividades do campus avançado que esta universidade mantém em Benjamin Constant, e o projeto de Mestrado e Doutorado Inter-Institucional que o PPGAS-UFSC está construindo com a Universidade Federal do Acre -, quanto no estado de Santa Catarina, através da agregação de pesquisadores da UDESC (Mestrado Profissionalizante em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socio-Ambiental) e de outras instituições de ensino e pesquisa de Santa Catarina (Mestrado Profissionalizante em Gestão de Políticas Públicas da UNIVALI);

3) Promover a transferência de conhecimento para a sociedade brasileira como um todo, publicando os resultados das pesquisas, disponibilizando informações e análises sobre os coletivos humanos que estarão sob o foco das pesquisas particulares, de modo a se poder qualificar e instrumentalizar tanto ações governamentais quanto demandas das próprias comunidades e, quando solicitado, prestando assessoria para populações locais nas áreas de educação, saúde, associativismo, entre outros, bem como estabelecendo convênios com órgãos públicos.