EdUFSC lança segundo livro da Coleção Brasil Plural

06/03/2014 23:59

A Coleção Brasil Plural da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC), após lançar o clássico A Festa da Jaguatirica – Uma partitura crítico-interpretativa, de Rafael José de Menezes Bastos, colocou em circulação uma obra coletiva de peso: A terra do não-lugar:diálogos entre antropologia e performance, organizada pelos professores e pesquisadores Paulo Raposo, Vânia Z. Cardoso, John Dawsey e Teresa Fradique. O livro – que apresenta a contribuição de 24 autores e tem como pano de fundo um encontro científico internacional realizado em Portugal em 2011, explorando “os limites e as fronteiras da performance” – oferece aos leitores ensaios e exemplares que aproximam e articulam as ciências humanas com os estudos artísticos e os chamados “performance studies”.

A festa da jaguatirica’ recupera 45 anos de música e cultura dos kamaiurá

No prefácio,  o pesquisador Paulo Raposo esclarece que a obra resulta de “um espaço de experimentação e de exploração conceptual”, mas não deixa de ser também uma “convergência de diversas propostas performativas de criadores de várias nacionalidades, cujos enfoques claramente se complementaram na diversidade”.  Raposo destaca a participação de múltiplos especialistas e “performers” europeus, brasileiros e norte-americanos – para realçar o valor e a oportunidade da publicação

Os ensaios ora socializados são reflexivos e vislumbram entrecruzamentos com os textos acadêmicos; de quebra, abrem possibilidades de leitura para o público em geral, até porque, conforme assinalam os organizadores, “O conceito de performance – simultaneamente introduzível e intercomunicável entre campos disciplinares, difusamente interterritorial e transdisciplinar – se consubstancia hoje em um objeto reflexivo controverso, perenemente polêmico, e em um prolixo gerador de metáforas para a experiência humana”.

A coleção da EdUFSC publiciza resultados de pesquisas do Instituto Nacional de Pesquisa Brasil Plural – que, além de preparar profissionais e pesquisadores, procura desmistificar as diferentes realidades e reforçar as políticas públicas e sociais para a solução dos problemas vivenciados pelas populações pesquisadas. A festa da jaguatirica, de Rafael José de Menezes Bastos, reúne, por exemplo, mais de 45 anos de pesquisas do antropólogo sobre a música dos índios Kamaiurá, do Alto Xingu.

Mais informações: (48) 3721-9408; www.editora.ufsc.br

Diretor executivo – Fábio Lopes: Esta imagem contém um endereço de e-mail. É uma imagem de modo que spam não pode colher.; (48) 9933-8887

Moacir Loth / Jornalista da Agecom / Diretoria Geral de Comunicação / UFSC

Claudio Borelli / Revisor de Textos da Agecom / Diretoria-Geral de Comunicação/ Esta imagem contém um endereço de e-mail. É uma imagem de modo que spam não pode colher.