Ari Ghiggi Junior, UFSC

Possui graduação em Ciências Sociais (Bacharelado – 2006 – e Licenciatura – 2008), Mestrado em Antropologia Social (2010) e Doutorado em Antropologia Social (2015) pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente realiza estágio pós-doutoral no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência nas áreas de Antropologia, Etnologia Indígena e Saúde Indígena, atuando principalmente nos temas da cosmologia, religião e práticas de atenção à saúde entre os Kaingang de Santa Catarina. 

CV LATTES

 

Redes e Projetos de Pesquisa____________________________________

SAÚDE: PRÁTICAS LOCAIS, EXPERIÊNCIAS E POLÍTICAS PÚBLICAS

  • Projeto: Ambulanciaterapia e o acesso das populações Kaingang da Terra Indígena Xapecó aos Serviços de Atenção Secundária e Terciária à Saúde: entre Agentes, Dinâmicas de circulação, Itinerários Terapêuticos e Políticas de Saúde

 

Publicações_________________________________________________

2014. GHIGGI JR, Ari; LANGDON, E. J. . Reflections on intervention strategies with respect to the process of alcoholization and self-care practices among Kaingang indigenous people in Santa Catarina State, Brazil. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 30(6), p. 1250-1258.

2013. GHIGGI JR, Ari; LANGDON, E. J. . Controle Social como Autoatenção: estratégias kaingang diante do abuso de bebidas alcoólicas. In: Maximiliano Loiola Ponte de Souza. (Org.). Processos de Alcoolização Indígena no Brasil: Perspectivas Plurais. 1ed.Rio de Janeiro: Fiocruz, 2013, v. , p. 159-178.

2013. GHIGGI JR, Ari. Resenha: PORTELA GUARIN, Hugo. La Epidemiología Intercultural. Argumentaciones, Requerimientos y Propuestas. Editorial Universidad del Cauca. Popayán, Colombia, 2008.. Ilha – Revista de Antropologia, v. 15, p. 381-387.

2006. GHIGGI JR, Ari. Representações e Práticas no Tratamento de Infortúnios entre os Kaingang Crentes da Aldeia Sede da Terra Indígena Xapecó. Mosaico Social, v. 3, p. 215-235.